Pesquisa do PROCON/PE aponta redução de 0,36% no valor da cesta básica em Goiana, no mês de Julho


O Procon de Pernambuco divulgou pesquisa de variação de preço dos itens mais consumidos pela população de Goiana nos principais supermercados instalados no município. O levantamento, realizado no período de 19 a 23 de julho/2021, constatou uma redução de 0,36% no valor médio da cesta básica comparado com análise realizada no último mês de junho, com impacto de 49,57% no salário mínimo.

A média verificada dos preços da cesta básica no período foi de R$ 545,29. Encabeçam a lista dos produtos com maior variação de preços absorventes higiênicos (409,18%), papel higiênico (169,81%), batata inglesa (152,02%), cebola (120,89%) e creme dental (113,21%).

Do total de 27 produtos pesquisados, entre alimentação, limpeza e higiene pessoal, 11 subiram de valor.

Entre os que tiverem maior percentual de alta estão: o fubá de milho. Um pacote de 500g do produto passou de R$ 1,19 para R$ 1,55, representando um aumento de 30,25%. Já o quilo da farinha de mandioca torrada apresentou um aumento de 28,11%, passando de R$2,49 para R$3,19 e a salsicha teve aumento de 17,33%, passando de R$7,50 o quilo para R$8,80.

Nos materiais de limpeza doméstica, o destaque de aumento está no sabão em barra, que subiu de R$4,80 para R$5,50, com um percentual de aumento de R$ 14,58% no pacote com 5 unidades.

O Procon/PE vem fazendo levantamentos mensais para analisar quais produtos mais subiram de preço desde o início da pandemia da covid-19. O consumidor encontra a pesquisa na íntegra, com todas as informações de estabelecimentos e endereços onde o produto é encontrado mais acessível no site www.procon.pe.gov.br.

Fonte: Procon PE