Projeto VOZES DAQUI beneficia 60 alunos com oficinas online de audiovisual e fotografia


Em sua segunda etapa, o projeto Vozes Daqui, desenvolvido em Goiana (PE), realizou a inscrição de 60 alunos do ensino fundamental II para participação nas oficinas online de vídeo e fotografia. Os jovens frequentam três escolas locais: Escola Municipal Lourenço de Albuquerque Gadelha, Escola Municipal IV Centenário e Escola Municipal Dr. Manoel Borba.

As oficinas fazem parte do componente Educomunicação do projeto, que tem o objetivo de fortalecer a história e a cultura de Goiana, além de promover a integração entre escola e comunidade. “Tenho interesse em conhecer mais da cultura de Goiana, principalmente as danças, músicas e personagens locais“, conta a aluna Elisângela Ferreira.

Para viabilizar a iniciativa, no ato da inscrição, os alunos receberam um tablet com plano de internet para facilitar o acesso às aulas. “Que bom ter um projeto para os nossos filhos e ainda receber o equipamento, pois lá em casa tenho só meu celular pra três filhos receberem atividades da escola. O celular, que é velhinho, já não está aguentando”, compartilhou Jaqueline Valdevino, mãe da aluna Kamila Valdevino.

Em respeito aos protocolos de segurança para combate à COVID-19, no momento das inscrições, foram atendidas cinco famílias por vez em horários distintos. O distanciamento social, checagem de temperatura, disponibilização de álcool em gel e uso de tapete sanitizante foram algumas medidas adotadas.

“O período de pandemia, com o distanciamento social e a ausência de aulas, prejudicou bastante os jovens. Espero que eles possam aproveitar a oportunidade trabalhando novas habilidades, além de estreitar o elo e trocar experiências com outros jovens”, relata Tatiana Belo, gerente do Vozes Daqui.

Na etapa 1 do projeto, o componente de Educomunicação contemplou 67 alunos, dos 60 previstos em três escolas do ensino fundamental do município de Goiana, além de sete professores e gestores. A iniciativa é fruto da parceria entre a AVSI Brasil, Stellantis JEEP, Fundação Banco do Brasil e Prefeitura Municipal de Goiana.


Fonte: AVSIBRASIL