Presidente do Butantan diz que pandemia em 2021 pode ser pior do que em 2020


O presidente do Instituto do Butantan, Dimas Covas, disse ver a possibilidade da pandemia ser pior em 2021 do que foi em 2020, caso não sejam empregadas medidas para reduzir os casos e aumente a compra de vacinas o quanto antes. Covas também disse ver como inevitável a mudança para a bandeira vermelha em São Paulo, que tem medidas mais drásticas de isolamento social.


Ele criticou a atuação do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) no combate ao coronavírus. Segundo Covas, o Ministério da Saúde não comprou doses suficientes da Coronavac. As afirmações foram ditas em transmissão fechada da XP Investimentos na manhã desta terça-feira (19).


O evento foi destinado a clientes institucionais da XP, como bancos, gestoras e corretoras e faz parte de uma série de lives que a corretora organiza regularmente com temas que afetam o meercado financeiro. Segundo pessoas do mercado, Covas também disse que vê como inevitável a mudança para bandeira vermelha em São Paulo.


Procurada, a XP Investimentos não quis comentar. A maior parte do estado está classificada em bandeira vermelha, que representa risco alto para Covid-19.