Sob olhar de campeões, Niki Lauda é enterrado na Áustria

Tricampeão mundial de Fórmula 1, Niki Lauda faleceu no último dia 20 de maio, por complicações renais

O ex-piloto austríaco Niki Lauda, tricampeão mundial de Fórmula 1, foi enterrado nesta quarta-feira (29), em Viena, na Áustria, onde nasceu. Lewis Hamilton, Alain Prost, Nigel Mansell e outros campeões da categoria, assim como os atores Arnold Schwarzenegger e Daniel Brühl, estiveram no velório de Lauda.

O austríaco morreu no último dia 20, vítima de complicações renais. Em 11 anos na principal categoria do automobilismo mundial, Lauda venceu os Mundiais de 1975, 1977 e 1984. Ele correu por cinco equipes durante a sua carreira: March, BRM, Ferrari, Brabham e McLaren. Até hoje, o ex-piloto é o único que conseguiu conquistar um título pela Ferrari e outro pela McLaren, as duas equipes mais tracionais da F-1.

Desde 2012, ele ocupava um cargo na diretoria da equipe Mercedes, uma espécie de presidência de honra. O presidente da escuderia, Toto Wolff, também esteve presente no velório. "Ele era uma estrela despretensiosa, humilde e brilhante entre os pilotos de corrida. Ele tinha senso de humor, era fiel à vida, orientado para o alvo e não-absurdo", disse o padre Toni Faber, que deu o último sermão a Lauda. O austríaco deixa a mulher e cinco filhos: Mathias, Lukas, Christopher e os gêmeos Max e Mia.




FONTE: FOLHA PE