Sesc vai ampliar atividades em Pernambuco

Entidade autoriza hoje a construção de um centro esportivo em Floresta, com 750 vagas de empregos, e promete novas obras

O Sistema Fecomércio/Senac/ Sesc vai investir mais em Pernambuco neste ano. De acordo com a entidade, 15 obras de construção e reforma serão realizadas no Estado. Esses projetos vão gerar milhares de empregos e milhões de reais em investimentos, sobretudo no interior. E um deles terá seu pontapé inicial nesta quarta-feira (10). É o novo Centro Poliesportivo de Floresta, cuja ordem de serviço será assinada nesta tarde na sede do Fecomércio/Sesc, no Recife.

Com um investimento de quase R$ 4 milhões, o novo equipamento vai gerar mais de 750 empregos no Sertão dePernambuco. São 400 vagas diretas e outras 350 indiretas na construção do centro, que deve durar dez meses.

Os trabalhadores da região terão prioridade na contratação. “Em uma época dessas, de escassez, é ótimo gerar mais oportunidades para as pessoas da região”, comentou o presidente do Sistema Fecomércio /Sesc/Senac-PE, Bernardo Peixoto, que deve dar mais detalhes das vagas hoje.

Além disso, Peixoto destacou a importância do equipamento como uma nova opção de lazer para a cidade, que possui 31 mil habitantes. “Temos que levar condições melhores de lazer, cultura e esportes para as pessoas no interior do estado”, comentou Peixoto, lembrando que essas obras atendem a um desejo do antigo gestor do Sesc, Josias Albuquerque, falecido em fevereiro.

O Centro Poliesportivo de Floresta será construído em um terreno de mais de 13.300m² no Loteamento Horizontes. O empreendimento terá 4.602,11m² de área verde e abrigará campo de futebol society, parque aquático, espaço para eventos, parque infantil, vestiário e bicicletário.

Hoje, o Sesc já possui centros esportivos em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, e em Sirinhaém, no Litoral Sul do Estado.

Recife
O próximo investimento do Sesc deve ser na sede da entidade, no Cais de Santa Rita, centro do Recife. De acordo com Peixoto, serão aplicados R$ 10 milhões na reforma total do local. A obra irá contemplar todo o edifício, mas será realizada por partes, para que o local continue funcionando. A assinatura da ordem de serviço para o início dessa obra deve ocorrer nas próximas semanas.



FONTE: FOLHA PE