Cargos são recusados em reunião da bancada de PE

Lista de cargos circulou. Deputados veem governo escondendo jogo

A bancada pernambucana se reuniu, anteontem, para tratar, entre outros assuntos, da recondução do coordenador, Augusto Coutinho, que exerce a missão ao lado do deputado federal Wolney Queiroz. Na ocasião, no entanto, uma lista com os cargos do Governo Federal disponíveis para Pernambuco circulou entre os parlamentares. Até mesmo nomes mais alinhados ao governo Bolsonaro hesitaram em aceitar as ofertas. Em linhas gerais, há receio de deputados de fincarem o pé na base e também uma percepção, ainda, de que o Planalto estaria “escondendo o jogo” em relação aos espaços.

Havia, ali, centenas de cargos, mas deputados perceberam também que os espaços mais robustos como Codevasf, DNIT, Incra e Fundação Joaquim Nabuco estavam de fora. Codevasf teve, tradicionalmente, indicações do senador Fernando Bezerra Coelho, hoje, líder do governo no Senado. A Fundaj passou por indicações do ex-deputado federal Mendonça Filho. Não houve quem mostrasse muito interesse nas vagas do governo. Sobretudo porque, quando o assunto chegou à ala pernambucana, a mesma coisa já havia ocorrido com quatro outras bancadas. Leia-se: estruturas maiores estavam ocultas na relação de ofertas. E os pernambucanos já estavam cientes. Preferiram não optar por nada, sob o risco de o governo seguir sem fazer a distribuição dos cargos na íntegra. Deputados de oposição presentes só observaram o debate, mas mesmo os governistas seguem na desconfiança.

Escondendo o leite
Os deputados federais pernambucanos dizem, nas coxias, que aguardam “mais transparência“ do governo Jair Bolsonaro. Um parlamentar, em reserva, argumenta: “Se há uma estrutura de FBC, por exemplo, é bom que se diga que a estrutura é toda dele”. Outro deputado disse que o “filé está guardado” e um terceiro usou a seguinte expressão: “O governo deixou só os ossos”.

Boa vizinhança > Durante a solenidade, no Centro de Convenções de Pernambuco, ontem, na qual foi lançado o 13º do Bolsa Família, o prefeito Professor Lupércio, e a vice-governadora, Luciana Santos, adversários em Olinda, sentaram lado a lado.

Noronha > O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, anunciou que vai investir R$ 5 milhões no aeroporto de Fernando de Noronha para permitir voos noturnos. O governo Bolsonaro promete, ainda, até 2025, mais R$ 110 milhões de investimentos na ilha.

Rota... > Em conversa com o diretor-geral da Anac, José Ricardo Botelho, o deputado federal Fernando Filho recebeu a confirmação de que a Passaredo Linhas Aéreas passará a operar em Petrolina.

...vespertina > A empresa tem sede em Ribeirão Preto (SP) e possui uma frota de aeronaves do modelo ATR 72-500, que atendem 11 destinos. Fará a rota com Salvador. Voos devem ser iniciados em junho.

Tudo dominado > Com o fim das operações da Avianca na cidade, o deputado Lucas Ramos anotava, ainda esta semana, passagens superiores a R$ 2 mil da Azul na rota Recife-Petrolina.

Eu mesmo > O ministro da Justiça, Sérgio Moro, estreou, ontem, no Twitter, e, à noite, em poucas horas, já tinha quase 300 mil seguidores. Tratou de postar foto sua segurando um calendário da Caixa Econômica Federal com o dia 4 circulado e a seguinte mensagem: “Provando que esse Twitter é meu mesmo (o que é um pouco inusitado)”. Jair Bolsonaro deu as boas-vindas.


FONTE: FOLHA PE