Fernando Bezerra Coelho pode ser líder do governo Bolsonaro no Senado


O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) poderá assumir a liderança do governo no Senado. A informação foi confirmada pelo próprio FBC à Folha de Pernambuco e está pendente de uma conversa com o ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), na próxima segunda-feira (11) em Brasília. Caso seja efetivado, o gesto marca a aproximação do MDB com o governo Bolsonaro, dirimindo as rusgas deixadas pelo embate da presidência da Casa Alta, onde a articulação de Lorenzoni rifou 18 anos de predomínio do MDB, dando o comando a Davi Alcolumbre (DEM-AP).

De acordo com Fernando Bezerra, a sondagem ocorreu quando o senador Eduardo Braga, líder do MDB, discutira os espaços da legenda nas comissões com o presidente do Senado. “O presidente Alcolumbre sondou Braga sobre possibilidade de meu nome liderar o governo. O nosso líder consultou a bancada, que respondeu de forma positiva. Ontem o Davi me pegou no plenário e disse que segunda-feira nós falaríamos com Onyx”, afirmou Bezerra. O horário da agenda ainda será definido com a Casa Civil, mas o compromisso está confirmado.

Bezerra foi ministro da Integração Nacional no primeiro governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e o seu filho, o deputado federal Fernando Bezerra Filho (DEM-PE) foi ministro de Minas e Energia do governo Michel Temer (MDB). No ano passado, o senador sertanejo chegou a assumir a liderança do governo Temer interinamente. "(Com essa conversa marcada), eu diria que o gesto não é nem apaziguar. É uma aproximação do MDB com o governo. Hoje, há uma disposição do partido de integrar a base aliada", afirmou o senador.



FONTE: FOLHA PE