Bruno Ribeiro renuncia à presidência estadual do PT


Por meio de uma carta de reúncia, Bruno Ribeiro anunciou que está deixando o cargo de presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT). No documento, ele comemora a eleição de quadros petistas para a Alepe, Câmara e Senado Federal, o que considerou uma vitória do partido.

" A certeza de ter cumprido, todos nós, a missão coletiva que era a nossa, consolidou minha decisão de fazer logo a transição para os desafios que a luta popular apresentam", diz Bruno Ribeiro, que voltará a atuar como advogado. "No meu caso, voltar a me dedicar integralmente à advocacia, que é a trincheira que escolhi lutar há mais de 30 anos, tendo aceitado, nos últimos cinco anos, a difícil convocação para dividir com as tarefas na direção do PT-PE"

Segundo Bruno, os ideias políticos continuarão presentes em sua atuação. "Lula livre era minha prioridade maior como dirigente do PT. Lula livre continuará como prioridade central como advogado, como cidadão e como militante petista"

Por meio de nota, a Comissão Executiva Estadual do PT prestou um tributo aos serviços prestados por Bruno Ribeiro.

Confira:

"Nota Oficial

No início da tarde desta segunda, 11/02, Bruno Ribeiro, apresentou à Executiva Estadual sua renúncia à presidência do PT de Pernambuco. Bruno Ribeiro apresentou uma carta (anexa), um breve balanço contendo as conquistas políticas do Partido no período de sua presidência e anunciou que voltará a se dedicar integralmente à advocacia, mantendo sua militância especialmente em defesa dos direitos humanos e, em especial, pela liberdade de Lula.

A Executiva Estadual, ao tempo que agradece, homenageia o companheiro pela sua importante contribuição dada ao partido na presidência estadual.

De acordo com as regras partidárias, estabelecidas no estatuto, o vice-presidente, Glaucus Lima, assume interinamente a presidência, devendo ser convocada uma reunião do Diretório Estadual para eleição do novo presidente entre os diretorianos, em no máximo 60 dias.

Recife, 11 de fevereiro de 2019
Comissão Executiva do PT-PE"



FONTE: FOLHA PE