sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Prazo para inscrição no Sisu é prorrogado até domingo (27)



Para garantir o acesso e a inscrição de todos os estudantes, o Ministério da Educação (MEC) prorrogou as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) até as 23h59 (horário de Brasília) deste domingo (27).

O sistema está funcionando de forma estável nesta quinta-feira (24), e a lentidão eventualmente registrada resulta do volume massivo de acessos simultâneos. "O MEC continua realizando todos os procedimentos técnicos para que o sistema continue estável", informou o órgão.

A partir desta quinta-feira, a atualização das notas de corte só será feita à 0h e não mais em quatro horários ao longo do dia (7h, 12h, 17h30 e 20h). A medida foi adotada para não prejudicar os estudantes que ainda não realizaram sua inscrição e melhorar o acesso devido ao alto tráfego existente.

As atualizações das notas de corte só serão realizadas à 0h desta sexta-feira (25), de sábado (26) e de domingo (27).

O resultado da seleção está mantido para segunda-feira (28), conforme calendário divulgado anteriormente.


É por meio do Sisu que os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 podem pleitear uma vaga nas instituições de ensino. O sistema substituiu os antigos vestibulares feitos individualmente pelas universidades e oferece, para o primeiro semestre de 2019, um total de 235.476 vagas de 129 instituições públicas de todo o país.

Entre as universidades e institutos federais do estado, 15.094 vagas são oferecidas. Dessas, 14.284 são disponibilizadas em solo pernambucano, já que das 1.610 vagas ofertadas no sistema pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), apenas 800 são nos campi de Petrolina e Salgueiro. As demais são oferecidas nas unidades da Bahia e do Piauí. Pelo site do Sisu, os candidatos podem consultar de forma detalhada as vagas por curso, instituição ou município.

Só podem concorrer a uma das vagas oferecidas estudantes que participaram dos dois dias do Enem 2018, ou seja, que compareceram às provas nos dias 4 e 11 de novembro do ano passado. Outra exigência é não ter zerado a prova de redação do exame. Nesta edição do Enem, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 112.559 candidatos zeraram a prova.


FONTE: DIÁRIO PE