quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

PE:Novo Secretariado toma posse nesta quarta


Um dia após a posse do governador Paulo Câmara (PSB) para o segundo mandato no governo estadual, o novo secretariado será empossado nesta quarta (02), às 16h, no Palácio do Campo das Princesas. O gestor anunciou os nomes dos 27 auxiliares na última sexta-feira: ao todo, são 22 pastas, além de Procuradoria Geral do Estado e Casa Militar - que possuem status de secretaria. Câmara, então, convocou 24 secretários e três auxiliares diretos e sinalizou que o foco deles será contribuir na geração de emprego.

O governador afirmou que se reunirá com a nova equipe na sexta-feira para planejar a gestão. “Vamos dar posse nesta quarta aos secretários, tem uma ampla reunião na sexta-feira e vamos, no fim de semana, ter uma atividade no Interior para começar a unificação das ações de todas as Secretarias em favor da sociedade. Todas vão dar sua contribuição para a geração de emprego”, declarou Câmara.

“Após a posse do secretariado, eles vão iniciar as conversas para montar as equipes junto conosco (para definir as respectivas equipes). Então, temos um período para montagem das empresas estatais e segundo escalão e isso deve ocorrer nos próximos dias”, acrescentou.

Dos 27 convocados para a segunda gestão, ao menos 13 já trabalharam no governo Eduardo Campos, morto em 2014, assim como o próprio Paulo Câmara. Cinco dos secretários saíram da Prefeitura do Recife para assumir pastas estratégicas no governo estadual - Alexandre Rebêlo (PSB) no Planejamento e Gestão, Sileno Guedes (PSB) no Desenvolvimento Social, Bruno Schwambach no Desenvolvimento Econômico, Eduardo Machado na Imprensa e Fernandha Batista em Infraestrutura e Recursos Hídricos.

O governador, todavia, manteve alguns auxiliares nos respectivos espaços que comandaram na primeira gestão, como Antônio de Pádua na Secretaria de Defesa Social, Fred Amâncio na Educação, Pedro Eurico na Justiça e Direitos Humanos, Sílvia Cordeiro na Mulher, Renato Thièbaut no Gabinete de Projetos Estratégicos e Antônio Figueira na Assessoria Especial.

Retornam ao Palácio do Campo das Princesas o suplente de deputado federal, Milton Coelho (PSB), que assume a chefia de gabinete de Câmara. O deputado federal Nilton Mota (PSB), que não disputou a reeleição, também volta à Casa Civil, Décio Padilha à Secretaria da Fazenda e José Neto, que era chefe de gabinete, segue novamente para Administração. Antônio Bertotti (PCdoB) segue agora para Meio Ambiente e Sustentabilidade e o deputado estadual Aluísio Lessa (PSB) para Ciência, Tecnologia e Inovação.

Na cota do MDB, Marcelo Bruto assume Desenvolvimento Urbano e Habitação, o vereador de Caruaru, Alberes Lopes (PDT), fica com Trabalho, Dilson Peixoto (PT) com Desenvolvimento Agrário, Clóves Benevides (PP) com Políticas de Prevenção às Drogas e o deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD) com Turismo. André Longo fica na Saúde, Ernani Medicis na Procuradoria Geral do Estado, Gilberto Freyre Neto na Cultura, Érika Gomes Lacet na Controladoria Geral do Estado e coronel Carlos Viana na Casa Militar.

Com a convocação de dois deputados estaduais da coligação PSB, PSD e MDB - Aluísio Lessa e Rodrigo Novaes -, os suplentes Sivaldo Albino e Professor Paulo Dutra, ambos do PSB, assumem os mandatos na Assembleia Legislativa a partir de fevereiro. Câmara, todavia, ainda não anunciou o novo líder do governo na Casa, o que deve ocorrer no final do mês. Até lá, o atual líder, deputado estadual Isaltino Nascimento (PSB), permanece no cargo.


Confira o novo secretariado:
FONTE: FOLHA PE