sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

'Não se deve misturar ciência com religião', rebate Marcos Pontes sobre fala de Damares Alves

Ministro de Ciência e Tecnologia rebate vídeo em que a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos aparece falando sobre ciência, igreja e educação

O ministro de Ciência e Tecnologia Marcos Pontes rebateu, nesta quinta-feira (10), as declarações feitas pela ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, que aparece em vídeo de 2013 afirmando que a igreja evangélica perdeu espaço na História ao "deixar" a Teoria da Evolução entrar nas escolas sem ser questionada.

"Ela deve ter falado isso em algum tipo de contexto que eu não sei exatamente. Mas, do ponto de vista da ciência, são muitas décadas de estudo para formar a teoria da evolução desde o início. Ou seja, não se deve misturar ciência com religião", disse Pontes, em entrevista à rádio CBN.

Damares Alves apareceu em um vídeo em que fala sobre ciência, igreja e educação. Nas imagens, de 2013, a agora ministra diz que a igreja evangélica perdeu espaço nas escolas para a ciência. "A igreja evangélica perdeu espaço na história. Nós perdemos o espaço na ciência quando nós deixamos a teoria da evolução entrar nas escolas, quando nós não questionamos. Quando nós não fomos ocupar a ciência. A igreja evangélica deixou a ciência para lá e 'vamos deixar a ciência sozinha, caminhando sozinha'. E aí cientistas tomaram conta dessa área", diz a ministra no vídeo.

A teoria da evolução é reconhecida mundialmente e trata do desenvolvimento da vida na Terra. Pela teoria, a partir de ancestrais comuns, os seres humanos e outros tipos de vida sofrem mudanças evolutivas de uma geração para outra.



FONTE: FOLHA PE