sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Maia e Paulo têm discurso afinado sobre “ajuda” a PE

A determinação do governador é fazer o PSB compor ainda com PDT e PCdoB

Na passagem por Pernambuco, ontem, o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, definiu a relação que tem com o governador Paulo Câmara como “de amizade”. Realçou que é diferente do trânsito que tem com outros governadores. “Tive uma relação muito próxima com muitos governadores. 

Com Paulo Câmara, se tornou uma relação de amizade, de confiança e de admiração minha pelo trabalho que ele faz aqui em Pernambuco”, definiu Maia, colocando o governador pernambucano em alta conta. A recíproca é verdadeira. A pessoas próximas, Paulo tem dito que Maia “ajudou Pernambuco” e anda grifando a relação boa dos dois. 

Paulo tem sublinhado a digital de Maia na aprovação de projetos que acarretam benefícios para o Estado, a exemplo do que prorroga até o incentivo fiscal a projetos desenvolvidos na área da Sudene e do que prorroga incentivos para o setor automobilístico. 

Maia dá declaração na mesma linha: “Muitos projetos de lei que os governadores demandaram, principalmente agora no final...os dois últimos eram muito importantes para o Nordeste, para Pernambuco. Os projetos da Sudene e o projeto do setor automobilístico - a medida provisória que ia perder a validade e a gente conseguiu, na reta final, aprovar e colaborar não apenas com Pernambuco, mas com todo o Nordeste. E é assim que tem sido feito”. 

A determinação do governador, vice-presidente nacional do partido, é fazer o PSB compor ainda com PDT e PCdoB, que já declararam apoio ao democrata. Paulo não prega abertamente o apoio ao democrata, mas segue investindo nos gestos e, em política, eles contam muito. Ontem, ele recebeu Maia no Palácio das Princesas, como a coluna antecipara.

Encontro com...
Rodrigo Maia definiu como “ótima” a conversa com Túlio Gadêlha “Fiquei muito feliz que ele, mesmo tendo votado contra a minha candidatura na reunião do PDT, foi conversar comigo. Acho uma demonstração do perfil democrático dele”, assinalou.

...Túlio > Sobre as críticas que Túlio recebeu ao postar foto com ele, Maia devolveu: “Normal. Se eu botasse na minha...”.

Romaria > Paulo Câmara recebe, hoje, o candidato do PSB à presidência da Câmara Federal, JHC. Na segunda-feira, quem vai ao Palácio das Princesas é Fábio Ramalho, do MDB.

Bandeira Branca > Raul Henry e Fernando Bezerra Coelho Filho se encontraram, ontem, em clima de cordialidade, a despeito do imbróglio do MDB, que envolve o senador Fernando Bezerra Coelho. O ponto de interseção foi Rodrigo Maia.

Na Folha > Rodrigo Maia fez uma visita de caráter pessoal, ontem, ao presidente do Grupo EQM, Eduardo Monteiro, que o conhece desde pequeno e tinha relação bem próxima com o pai dele, César Maia, desde os tempos de Leonel Brizola.

Rota de aproximação > A programação de Rodrigo Maia levou ainda Silvio Costa Filho ao Palácio das Princesas. O deputado federal eleito acompanhou o dirigente nacional da sigla, Marcos Pereira. O ex-ministro concorre a vice-presidente da Câmara.

Renúncia > Odacy Amorim apresentou renúncia na última terça-feira. Os deputados, pela Constituição do Estado, só podem acumular o cargo de secretário do primeiro escalão. Saiu, ontem, a nomeação de Odacy para presidência do IPA no Diário Oficial. Com a renúncia de Odacy, quem assume a vaga é Osmar Ricardo, do PCdoB. Ficará deputado estadual titular por 15 dias.




FONTE: FOLHA PE