Governo decreta emergência em 54 municípios do Sertão

Decreto afirma que, para preservar o bem-estar da população das cidades afetadas pela estiagem, serão tomadas medidas cooperativas para enfrentar as situações emergenciais

Um decreto publicado no Diário Oficial de Pernambucodesta quarta-feira (26) colocou 54 municípios do Sertão do Estado afetados pela estiagem em estado de emergência durante 180 dias. A portaria entra em vigor nesta quarta, com efeitos retroativos para a partir da sexta-feira (21), uma vez que a medida foi tomada após um parecer técnico emitido na quinta-feira (20) pela Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco(Codecipe).

O decreto nº 46.526, assinado pelo governador Paulo Câmara, afirma que, para preservar o bem-estar da população das cidades afetadas, serão tomadas medidas cooperativas para enfrentar as situações emergenciais na agropecuária e na queda das reservas hídricas.

De acordo com dados de agosto de 2018 do Monitor de Secas do Nordeste do Brasil, elaborado pela Agência Nacional de Águas (ANA), a seca no Sertão de Pernambuco está em expansão. Nas regiões do rio São Francisco, a classificação é de “seca excepcional”. Na maior parte do Sertão, o monitor indica “seca extrema”.

O boletim ainda afirma que a redução das chuvas nos últimos meses na região contribuiu para a piora nos indicadores e agravou a intensidade do quadro de estiagem em todos os estados do Nordeste.


FONTE: FOLHA PE