Economia: Estado providencia mais energia para fábrica da Fiat, que busca ampliar produção

O consórcio de empresas liderado pela TSEA/Toshiba vai iniciar, até o final deste mês, as obras do sistema de suprimento de energia em 230 kV do parque industrial da FCA (Fiat Chrysler), em Goiana, na Região Metropolitana.

Será implantada uma linha de transmissão de 32 km, com uma subestação seccionadora de 230 kV e uma subestação transformadora de 230 kV/13,8 kV que, entre outros benefícios relacionados à qualidade da energia fornecida, permitirá à FCA ampliar a sua produção.

O Governo do Estado informou que está investindo cerca de R$ 84 milhões nesse projeto, que deve ser concluído no prazo de 16 meses.

“Para que o consórcio da TSEA/Toshiba assumisse a execução dos serviços, foi necessária a assinatura de um novo contrato com o Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDEC), uma vez que a primeira empresa desistiu de tocar o projeto”, informou a gestão.

O novo contrato foi assinado nesta sexta-feira (21), para que o sistema de suprimento de energia possa ser implantado já a partir deste mês.

Segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Antonio Mario de Abreu Pinto, com essa obra, o Governo também está viabilizando a instalação de uma subestação de 230 kV/69 kV de 300 MVA da Rede Básica do Sistema Interligado Nacional de energia elétrica.

Ele lembra que essa obra participou do leilão de transmissão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em dezembro do ano passado, e deverá ser concluída até 2021.

Ainda de acordo com o secretário Antonio Mario, com essa nova conexão com a Rede Básica, haverá melhoria nas condições de suprimento de energia para toda a Mata Norte de Pernambuco e a Mata Sul da Paraíba.

“Com essa importante obra do Estado, a Zona da Mata Norte vai ganhar muito e poderá atrair novos investimentos para alavancar o seu desenvolvimento, como é o desejo de todos nós”, disse Antonio Mario.

Representando as empresas do consórcio estavam os diretores da TSEA/ Toshiba, Paulo Benites; da Rolim Engenharia, Franklin Rolim; da Engevix Engenharia, Rafael Gama Sales; e da Fram Capital, Nicolas Gutierrez Londoño.


FONTE: NE 10