Prefeito, vice e vereadores de Cabedelo, na PB, são presos

Operação Xeque-mate foi realizada em ação conjunta entre a PF e o Ministério Público do Estado da Paraíba
Leto Viana, prefeito de Cabedelo, é preso pela PF Foto: Reprodução/Twitter @ExpressoPB
A Polícia Federal cumpriu na manhã desta terça-feira (3) ordens de prisão preventiva do prefeito, do vice-prefeito e de cinco vereadores de Cabedelo, cidade da região metropolitana de João Pessoa, na Paraíba. Eles são suspeitos de integrar um esquema de corrupção que envolvia fraudes na contratação de terceirizados, desvio de dinheiro público por meio de funcionários fantasmas, empréstimos fraudulentos em nome de servidores e recebimento de propina para aprovação ou rejeição de projetos de lei.

A Operação Xeque-mate foi realizada em ação conjunta entre a PF e o Ministério Público do Estado da Paraíba. Foram cumpridos 11 mandados de prisão, 36 de busca e apreensão e 15 sequestros de imóveis. Ao todo, 200 agentes da PF participaram da operação.
A Justiça da Paraíba ainda decretou o afastamento cautelar do cargo de 85 servidores públicos, incluindo o prefeito Leto Viana (PRP).

De acordo com a PF, as investigações apontaram um aumento patrimonial de autoridades do município acima do condizente com as suas respectivas rendas mensais. Um dos políticos teria movimentado mais de R$ 10 milhões à margem do sistema financeiro oficial.

Funcionários fantasmas com salários de até R$ 20 mil foram identificados na Prefeitura de Cabedelo e na Câmara de Vereadores. Também foi constatado o repasse da maior parte dos salários dos servidores fantasmas para políticos.

Cabedelo é a sétima maior cidade da Paraíba e é conhecida por abrigar o principal porto da Paraíba, além de praias frequentadas por turistas e moradores da capital.


FONTE: FOLHA DE PERANAMBUCO