Paciente denuncia falta de aferidor de pressão arterial na unidade de saúde de Tejucupapo

Foto: Sistema de comunicação de Tejucupapo

O morador Fagner Andrade, residente no distrito relatou em um áudio postado nas redes sociais, que foi realizar o socorro de sua mãe que estava com ânsias de vômitos durante o dia, e ao chegar na unidade mista de saúde de Tejucupapo, o mesmo informou que foi bem recebido pela equipe mas, que estranhou o fato de sua mãe não ter a pressão arterial aferida como de costume.
Fagner relatou que ao perceber que a pressão de sua mãe não teria sido aferida antes de ser prescrito o medicamento, o mesmo indagou os profissionais perguntando: "Minha mãe é hipertensa e não foi aferida a pressão arterial dela antes de ser prescrita a medicação" e a equipe respondeu dizendo, que a cerca de uma semana a unidade de saúde de Tejucupapo está sem o aferidor de pressão arterial.
Revoltado, o morador disse que acha um absurdo a unidade ter médicos e enfermeiros para atender a população mas, não ter um aferidor que é de suma importância no atendimento médico e na prescrição de medicamentos. Segundo o paciente, ao questionar sobre o fato de não ter sido aferida a pressão arterial de sua mãe, os funcionários perguntaram se o mesmo queria ser encaminhado para unidade de Pontas de pedra.

 FONTE:BLOG TEJUCUPAPO NOTÍCIAS INFORMAÇÕES COM CREDIBILIDADE