Vídeo: O município de Goiana passa a integrar a Região Metropolitana do Recife (Reportagem: Rede Globo)


Rede Globo


O município de Goiana passa a integra a . A lei complementar número 382 foi sancionada pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), na terça-feira (9) e publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (10). Agora, o Grande Recife passa a contar com 15 cidades.

Distante 65 quilômetros do Recife, Goiana e mais 14 cidades, agora fazem parte da 
Região Metropolitana do Recife (RMR), antes a cidade fazia parte da Zona da Mata Norte do estado. A inclusão do município na RMR foi aprovada pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) em dezembro de 2017. 

O autor da emenda é o deputado Ricardo Costa (PMDB). Quatro parlamentares foram contra o substitutivo: Isaltino Nascimento (PSB), Aluísio Lessa (PSB), Edilson Silva (PSOL), Terezinha Nunes (PSDB).

A cidade

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população estimada da cidade é de 79.249 habitantes em 2017. Até então integrando a Zona da Mata Norte de Pernambuco, Goiana conta com empreendimentos como o Polo Automotivo Jeep e também o complexo industrial da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás), além de ser um importante polo canavieiro do estado.

Apesar de não fazer parte, na época, da Região Metropolitana, Goiana foi incluída pelo governo do estado na Parceria Público Privada (PPP) de saneamento da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) com a empresa Foz. A PPP é um tipo de contrato de prestação de serviço em que o estado divide os investimentos com uma empresa privada.

Além de Goiana e da capital pernambucana, fazem parte da Região Metropolitana do Recife: Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Igarassu, Abreu e Lima, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, Goiana, São Lourenço da Mata, Araçoiaba, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Moreno e Itapissuma fazem parte da Região Metropolitana do Recife.


Fonte: G1