PT de Minas vai pressionar Dilma para transferir o domicílio eleitoral

Auxiliares do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), vão tentar convencer a ex-presidente Dilma Rousseff a transferir seu domicílio eleitoral de Porto Alegre para Belo Horizonte a fim de disputar no próximo ano uma das cadeiras no Senado.

Pesquisa realizada naquele Estado pelo Instituto Paraná Pesquisas constatou que a ex-presidente seria eleita senadora junto com o ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot. Ambos são mineiros mas fizeram suas carreiras em outros estados.

Dilma é natural de Belo Horizonte e nas eleições de 2014 derrotou Aécio Neves no torrão natal. O tucano foi derrotado pela petista no segundo turno por cerca de 3 milhões de votos.

O Instituto simulou um cenário eleitoral com três mineiros na disputa por uma das vagas no Senado: o ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot, o senador Aécio Neves (PSDB) e a própria Dilma.

A petista apareceu em 1º lugar com 16,9% das intenções de votos, seguida por Janot com 15, 2% . Janot está tecnicamente empatado com o empresário Josué Alencar (PMDB), filho do ex-vice-presidente da República, José de Alencar, que tem 15,1%.

Aécio Neves apareceu na quarta colocação com 13,7% das intenções de voto. Por isso já se diz em Minas que ele não é candidato à reeleição e sim a deputado federal.

O Instituto Paraná Pesquisas entrevistou 1.507 eleitores de 70 municípios mineiros entre os dias 30 de setembro de 5 de outubro. A margem de erro da pesquisa é de 2,5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Fonte: Blog Inaldo Sampaio