Homem é preso suspeito de estuprar e manter jovem em cárcere privado em Goiana

Jovem teria sido sequestrada no último dia 5 de setembro, no Agreste, e mantida em cativeiro em Catuama. Jovem relatou abuso em depoimento.

Um homem de 42 anos foi preso em flagrante, nesta sexta-feira (15), por manter em cárcere privado uma adolescente de 17 anos por dez dias em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. Segundo a Polícia Civil, a vítima contou em depoimento que Nielson José da Silva a agredia e a obrigava a manter relações sexuais com ele. Ainda segundo a investigação, enquanto ele fazia a menina refém, ele mantinha normalmente o relacionamento com a esposa e filhos.

De acordo com o delegado Thiago Uchôa, a polícia recebeu informações que uma jovem de 17 anos havia sido sequestrada da cidade de Barra de Guabiraba, no Agreste de Pernambuco, no último dia 5 de setembro, e que estaria sendo mantida em cárcere privado no distrito de Catuama, em Goiana. Após diligências, a equipe localizou o cativeiro, mas o suspeito fugiu com a adolescente após saber que os policiais estiveram na residência de familiares.

O homem trabalhava como vigia e caseiro e estava usando parte de uma casa de veraneio como cativeiro. No local, os policiais encontraram comida quente em panelas, uma arma longa, além de roupas e bijuterias femininas. Em novas buscas, os agentes conseguiram prender Nielson com a adolescente em Catuama.

Segundo o delegado, em depoimento na delegacia, a jovem relatou as ameaças e agressões sofridas durante os últimos dias, tendo inclusive chegado a perder um dos dentes após um soco do acusado, que a obrigava a manter relações sexuais. Ainda de acordo com o delegado, ao mesmo tempo que Nielson mantinha a jovem em cativeiro, ele também mantinha normalmente o relacionamento com a esposa e filhos.

"Eles já tiveram um relacionamento consensual, mas terminaram porque ele a espancava. Agora, ele buscou ela em Barra de Guabirara e estava mantendo relação sexual com ela sem consentimento. Vamos investigar ainda se ele obteve ajuda de terceiros na hora de trazer ela para Catuama", explicou o delegado Thiago Uchôa.

Nielson foi autuado em flagrante e será encaminhado para audiência de custodia no sábado (16). A jovem será entregue ao conselho tutelar de Barra de Guabiraba e encaminhada para o Instituto de Medicina Legal (ML), onde será submetida a exames.