Preso terceiro envolvido no latrocínio de jovem em Goiana

Edvaldo José Neto, de 21 anos, foi morto, na última quinta-feira (10), enquanto dirigia um Jeep Renegade e foi abordado por quatro homens.

O terceiro envolvido no latrocínio (roubo seguido de morte) do jovem Edvaldo José Neto, de 21 anos, em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, foi preso na noite da última segunda-feira (14). Rhavy Felipe dos Santos Lacerda, de 20 anos, presta depoimento, na manhã desta terça (15), na Delegacia de Goiana. A ouvida de Rhavy é realizada pelo delegado Thiago Uchôa, que comanda as investigações. 

Ele já respondeu pelos atos infracionais semelhantes ao crime de roubo, tráfico de drogas e violência doméstica. Também foi preso por tráfico de drogas na Paraíba. Equipes das polícias Civil e Militar continuam, em diligência, para localizar o quarto suspeito de participar do crime, identificado como Tiago Gomes da Silva, de 31 anos, e o quinto envolvido, identificado como Andresson da Silva Nogueira, de 19 anos.

Quem tiver informações sobre o paradeiro dos foragidos deve ligar para os telefones: Delegacia de Goiana - (81) 3626-8683 ou Disque Denuncia: (81) 3719-4545. Edvaldo José Valença da Silveira Neto, de 21 anos, foi morto, na última quinta-feira (10), enquanto dirigia um Jeep Renegade e foi abordado pelos criminosos.

Prisões

Thiago Gomes da Silva, de 25 anos, foi preso horas após o crime, na última quinta-feira (10). Thiago já havia sido preso, em maio de 2012, por roubo. Em janeiro de 2014, entrou no regime semiaberto e fugiu, em maio de 2014, da Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ). 

No mesmo ano, em agosto, Thiago foi preso por porte ilegal de arma e estava em liberdade condicional desde o dia 17 de março deste ano. Já na manhã desta sexta, foi apreendido um adolescente de 17 anos que também teria participado do crime.

Entenda o caso

Edvaldo José Neto, 21 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça por volta do meio-dia da quinta-feira (10), em Goiana. O rapaz dirigia um Jeep Renegade na avenida Marechal Deodoro da Fonseca, no Centro da cidade, quando foi abordado por suspeitos. A vítima tentou fugir e, após o disparo de arma de fogo, perdeu o controle do carro e bateu em um poste.

Fonte: Folha PE