Preso suspeito de matar jovem durante assalto em Goiana

Thiago Gomes da Silva, 25 anos, foi preso horas depois do crime e, segundo a polícia, confessou que atirou em Edvaldo José Neto, 21

As polícias Civil e Militar prenderam, na tarde desta quinta-feira (10), o suspeito de matar Edvaldo José Valença da Silveira Neto, 21 anos, assassinado com um tiro na cabeça nesta manhã, em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, distante 65 km do Recife.

Segundo a polícia, o jovem dirigia um Jeep Renegade, na avenida Marechal Deodoro da Fonseca, no Centro da cidade, quando foi abordado por suspeitos em uma moto. 

A vítima tentou fugir e, após o disparo de arma de fogo, perdeu o controle do carro e bateu em um poste.

Horas depois, Thiago Gomes da Silva, 25 anos, foi preso pelos delegados Herbert Wilians, titular da delegacia de Itambé, e Romel Ricardo, da delegacia de Goiana, e policiais militares da 3° Companhia Independente da Polícia Militar. Segundo a polícia, ele confessou que atirou em Edvaldo.

Thiago está sendo atuado por latrocínio, que é o roubo seguido de morte. De acordo com a polícia, ele já tinha sido preso em maio de 2012 por roubo. Em janeiro de 2014, entrou no regime semiaberto e, em maio daquele ano, fugiu da Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), em Itamaracá, no Litoral Norte. 

Em agosto de 2014, foi preso novamente por porte ilegal de arma e estava em liberdade condicional desde o dia 17 de março deste ano.

Agentes da Civil e Militar continuam em diligência atrás do outro suspeito que participou da ação.

Informações iniciais apontam que se trata também de um ex-presidiário, e a dupla faria parte de uma quadrilha especializada em roubo de veículos. 

O corpo de Neto foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), no Recife, e deve ser liberado ainda nesta quinta.

O velório deve acontecer em Goiana, onde o jovem morava.


Fonte: Diário PE