Carlos Viegas Jr.: Hemobras "Foi uma vitória de todos"

O Presidente do Poder Legislativo de Goiana, Carlos Viégas Júnior, discursou sobre a permanência da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás) no município, durante a sessão da Câmara de Vereadores, realizada na noite desta terça-feira (15/8).

Para Carlinhos, como é popularmente conhecido, a discussão sobre o mérito da permanência da Hemobrás é algo que fica em segundo plano quando se comparado ao interesse público que será respeitado e aos benefícios que Goiana e região receberão com os investimentos anunciados. "Quero dizer que foi uma vitória de todos que lutaram. Essa vitória é dos vereadores que foram para as audiências públicas lutar pela permanência da Hemobrás, é do prefeito, dos deputados, dos senadores e dos ministros pernambucanos que se empenharam. Mas, sobretudo, é uma vitória do povo e do respeito ao dinheiro público", disse.

O discurso do presidente da Câmara Municipal de Goiana foi motivado pelo anúncio do Ministério da Saúde confirmando que fará negociações com investidores para iniciar a construção de uma fábrica de Fator VIII recombinante, no complexo da Hemobrás, em Goiana, município de Pernambuco. O Fator VIII Recombinante é usado para tratar pessoas hemofílicas do tipo A, uma doença que impede a coagulação do sangue. Uma vez que a Hemobrás detenha o domínio da tecnologia, toda a demanda interna do país seria atendida, evitando problemas na aquisição do produto por causa da falta de oferta ou preço.

O anúncio ocorre após um impasse que mobilizou ministros pernambucanos, o Tribunal de Contas da União (TCU) e o Ministério Público Federal (MPF) para questionar a intenção do Ministério da Saúde de passar parte da produção ao Paraná, estado de origem do ministro da Saúde Ricardo Barros.

A fábrica inclui ainda outros produtos e serviços, e funciona parcialmente. Ela está em construção desde 2010, e já custou R$ 815 milhões. Atualmente, 70% das obras já foram realizadas. A Hemobrás informou que trabalha na finalização do inventário para a retomada e conclusão da estrutura.

Fonte: Blog Felipe Andrade