Jovem mata namorado com tiro em gravação para o YouTube

O que era pra ser uma pegadinha para o YouTube acabou em morte nos EUA. Uma jovem de 19 anos foi presa após matar seu namorado com um tiro no peito, durante a gravação de um vídeo, em Minnesota. Monalisa Perez foi detida na noite de segunda-feira (26), e indiciada por homicídio. Se condenada, ela pode ser sentenciada a 10 anos de prisão. As informações são da CNN.

Monalisa Perez e Pedro Ruiz, de 22 anos, filmavam uma brincadeira que seria postada no YouTube. A ideia era mostrar como uma bala de uma arma de fogo poderia ser impedida de atingir Ruiz por um livro que ele segurava no peito. O plano deu errado e, após o disparo, o rapaz morreu.

Segundo informações repercutidas pelo site Buzzfeed, a jovem ligou para a polícia para avisar que tinha atirado acidentalmente no peito do namorado. Para gravar o feito, o casal configurou uma câmera GoPro e outra de marca desconhecida. Ambas serão usadas como evidências na investigação.

A jovem chegou a usar o Twitter para conversar com os seguidores sobre o vídeo, antes de iniciar a filmagem. “Eu e Pedro vamos filmar um dos vídeos mais perigosos já vistos. Ideia dele, não minha”, disse a jovem, que espera o segundo filho do casal. Os dois criaram um canal no Youtube em março para contar sua rotina, e muitos dos vídeos continham pegadinhas e desafios. O canal tem pouco mais de 300 inscritos.