Protesto contra reformas do governo Temer em Goiana

O Brasil é palco, nesta sexta-feira (28/04), de uma greve geral em protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência, propostas pelo governo de Michel Temer.



Diversas cidades amanheceram sem transporte público. Ônibus, metrô e trem deixaram de funcionar às 0h de hoje, mas no início da manhã, algumas linhas voltaram a operar parcialmente, no caso de cidades que disponham de transportes públicos, movimentos sindicais e manifestantes da CUT (Central Única de Trabalhadores), bloquearam as rodovias estaduais e BR's ateando fogo em pneus velhos.

Em Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, os protestos começaram na entrada da cidade com a interdição da BR-101, o engarrafamento durou cerca de três horas, tendo o fluxo de veículos liberados por volta das 10 horas da manhã.

Em seguida os manifestantes seguiram em caminhada pelas ruas da cidade, dirigindo-se a praça João Pessoa, onde lá proferiram palavras de ordens, e gritaram em alto e bom som: "Fora Temer!".

O protesto segue uma agenda nacional, que pediu a paralisação de vários serviços.