Inicio de rebelião na cadeia pública de Goiana

No início da tarde desta quarta-feira (19), por volta das 13h, detentos participaram de um motim na Cadeia Pública de Goiana-PE.

Segundo informações do comandante da Companhia Independente que atua na região, Major Evangelista, os detentos se revoltaram por causa da transferência de um dos apenados, levado para o Presídio de Limoeiro, no Agreste, por determinação da Justiça.

Familiares de apenados estiveram aflitos na porta da cadeia de Goiana durante toda a tarde, tentando contato com detentos, ninguém ficou ferido coma a ação, três detentos foram levados a 11ª DP para que fosse registrado boletins de ocorrência por danos ao patrimônio público e 11 foram encaminhados ao presidio em limoeiro.

O Major Evangelista, falou ainda que os detentos atearam fogo nos colchões e destruíram celas da unidade.




A companhia e o Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati), sediado em Nazaré da Mata, na mesma região, foram acionados. 


Na ação para conter os rebelados, a PM teve que usar armas não letais. Não há informações sobre feridos. Não houve fugas nem mortes. O problema já está controlado, segundo o major.



Entrevista com o Major Evangelista