O Imaginário conclui estudo sobre cestaria de Goiana

Foto: Divulgação

A partir de uma pesquisa feita sobre a produção do artesanato Cana Brava, realizado pelas artesãs de Ponta de Pedras, litoral de Goiana, o laboratório O Imaginário condensou as informações em um estudo que auxiliará na manutenção e valorização da produção de economia criativa, gerando renda e promovendo mais qualificação profissional para as produtoras do artesanato de cestaria.

O “Modelo de Análise da Cadeira Produtiva do Artesanato Fase III” foi entregue em mãos ao Prefeito Fred Gadêlha, juntamente com representantes da Secretaria Municipal de Turismo e da Agência de Desenvolvimento de Goiana, e serve de guia para a aplicação de políticas públicas de desenvolvimento local sustentável.

“Goiana se tornou referência em economia criativa não só de Pernambuco, mas de todo o Brasil. Esse resultado nos apoiará, ainda mais, na consolidação da vocação do nosso município como polo de geração de renda através da criatividade e talento do nosso povo”, disse Fred Gadêlha.

O Imaginário é um laboratório de pesquisa e extensão vinculado aos departamentos de Design e Cultura da UFPE – e patrocinado pelo Programa Socioambiental da Petrobras e tem o objetivo de atender a demandas relacionadas às produções artesanal e industrial, envolvendo professores, estudantes e técnicos de diversas áreas do conhecimento, integrando à extensão os segmentos de ensino e pesquisa.

Para conhecer melhor o trabalho do artesanato Cana Brava, basta clicar aqui e conferir a página no Facebook.

do Goiana Notícias