Na Mata Norte, nove prefeitos não irão para a reeleição

Após ter anunciado de que não iria mais disputar a reeleição o prefeito da cidade de Goiana, Fred Gadelha (PTB), ampliou para oito o número de prefeitos da Mata Norte, que não estarão na briga direta pela recondução do cargo. 

Uns por escolha própria e outros por não terem mais direito a reeleição, como é o caso dos prefeitos Gislan Alencar (PSDB), Nado Coutinho (PTB) e Paulo Tadeu (PSB), prefeitos de Buenos Aires, Nazaré da Mata e Vicência, respectivamente. Já em seis municípios os gestores optaram em não disputar o pleito. 

É o caso da prefeita de Condado, Sandra Félix (PSD), que teria anunciado que não estaria mais na disputa, voltou atrás em sua decisão e nesses depois tirou de fato todas as possibilidades de ir à reeleição. Os prefeitos figuram na relação dos quais não irão mais em busca do segundo mandato consecutivo. 


O prefeito da Aliança, Kaká (PSB), de Ferreiros, Gileninho (PSB), Glória do Goitá, Dr. Miranda (PTB), são os gestores que optaram em se abster da disputa. Um caso diferente, dos outros, é o do prefeito de Timbaúba, Júnior Rodrigues (PSB), que teve a sua candidatura rifada pelo seu próprio grupo, comandado pelo deputado federal, Marinaldo Rosendo (PSB). O deputado, que preside o partido na cidade, anunciou o vereador João Tubarão (PSB), para disputar o cargo neste ano.