Goiana foi a cidade que mais empregou na Mata Norte, em 2016

Na contramão da crise o município de Goiana, na Mata Norte, tem apresentados números positivos quando o assunto é geração de emprego. 

Diferente de outras cidades da região, onde está demitindo, a cidade está criando novas oportunidades de trabalho. 

Nos cinco primeiros meses de 2016 a cidade empregou 452 pessoas, de forma direta. 

Os dados foram divulgados pela Secretaria de Planejamento do Governo de Pernambuco. 

Após Goiana a cidade de Glória do Goitá é a segunda colocada no ranking, com 60 novas vagas de emprego aberta nesses cinco primeiros meses do ano. Em Goiana o número de vagas de emprego cresceu 83,6%, enquanto que a população cresceu apenas 9,5%. 

Apesar do número ser inferior ao de Goiana a cidade de Glória do Goitá teve um aumento de 71%, em número de geração de emprego. 

A população teve um aumento de 10,3%. Já as cidades de Camutanga e Lagoa de Itaenga lideram os municípios que mais demitiram em 2016. 

Nas cidades, onde estão implantadas as duas maiores usinas de açúcar da região, os dados figuram no vermelho. 

Camutanga foi acidade que mais demitiu na Mata Norte. 1.627 foram as pessoas que perderam o emprego, este ano. Lagoa de Itaenga registra 50% desse número. 864 trabalhadores tiveram o vínculo reincidido.