População reivindicam o direito de usar espaço público

A população do entorno da Praça Laerte Gemi, que fica localizada na Vila Castelo Branco, procurou o Ministério Público e a Secretária de Obras do Município, para reivindicar seu direito de frequentar o espaço público.

Segundo o proprietário do estabelecimento comercial, todo o local na verdade é um grande espaço para comercialização, que também faz parte de sua propriedade, o advogado do senhor João também participou de uma conversa diretamente com o gestor do município e ao que tudo indica o problema só será resolvido mediante a decisão judicial.

O proprietário do estabelecimento comercial não tem a escritura do terreno, ele porta apenas um documento de compra e venda que não especifica necessariamente a metragem exata do terreno.

A população diz que seu João proibiu a população de usar o local para levar suas crianças e realizar festas, alegando bagunça e transtorno no atendimento aos seus clientes.

Confira a matéria completa: