Dilma vem a Recife nesta semana; Temer quer levar PEC ao Congresso



A presidente afastada Dilma Rousseff fará uma série de viagens nesta semana pelo Nordeste para continuar a defesa de seu mandato. Recife está no roteiro, depois de João Pessoa e Salvador. Ainda não há definição se Dilma irá viajar de avião comercial ou fretado ou se tentará recorrer da decisão do governo em exercício de Michel Temer - que restringiu o uso de aeronaves da Força Área Brasileira (FAB) apenas para trajetos entre Brasília e Porto Alegre, onde Dilma tem residência oficial.


Na quarta-feira, a petista estará em João Pessoa para uma Audiência Pública na Assembleia Legislativa na Paraíba. Na quinta, Dilma vai a Salvador para cerimônia de condecoração de título de Cidadã Baiana pela Assembleia Legislativa. E na sexta, a presidente afastada vai a Pernambuco para um ato público em defesa da democracia no Recife.

Ainda não há definição se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participará de algum dos atos com sua sucessora. Na sexta-feira passada, Lula participou na Avenida Paulista, em São Paulo, da primeira manifestação de caráter nacional contra o governo Temer, organizada pelas frentes Brasil Popular e Povo sem Medo e realizada em pelo menos 24 Estados e no Distrito Federal.

Michel Temer, por sua vez, desistiu de uma viagem que faria amanhã a Arapiraca (AL) e Floresta (PE) para concentrar os esforços, nesta semana, e levar pessoalmente ao Congresso a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que estabelece um teto para o gasto público.

A ideia é levar a proposta na quarta-feira. Temer também tenta costurar um acordo para a renegociação da dívida dos Estados e pretende reunir governadores para o anúncio ainda nesta semana. As duas medidas, entretanto, precisam ser finalizadas pela equipe econômica liderada por Henrique Meirelles.

Amanhã, o presidente em exercício vai ao Rio de Janeiro para uma visita ao Centro Olímpico. A agenda em Arapiraca previa uma cerimônia para a sanção da Medida Provisória com incentivos para pequenos agricultores. Já a visita a Floresta era para vistoriar uma obra de transposição do Rio São Francisco. Ainda não há data prevista para que Temer retome as agendas no Nordeste, principal reduto político da petista.