A Junina Babaçu conquista o 1º lugar no Festival de Quadrilhas da Globo Nordeste

A quadrilha Junina Tradição, do Morro da Conceição, no Recife, ficou em quarto lugar no Festival de Quadrilhas Juninas da Rede Globo Nordeste. O grupo venceu a fase estadual do concurso. No domingo (26), foi disputada a etapa regional da competição, que reuniu quadrilhas de todos os estados do Nordeste, no Sesc de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. 

O primeiro lugar geral ficou com a Junina Babaçu, do Ceará. Com 516 pontos, o grupo levou o prêmio no valor de R$ 12 mil. Em segundo, ficou a Moleka 100 Vergonha, da Paraíba, com 507,3 pontos. Na terceira colocação, a Capelinha do Forró, da Bahia, obteve uma pontuação de 505,6. O grupo recifense alcançou 504,1 pontos. A outra quadrilha pernambucana, Dona Matuta, terminou em quinto, com 499,1 pontos.

O público lotou o ginásio do Sesc para acompanhar os desfiles. A primeira a se apresentar foi a Dona Matuta, de San Martin, Zona Oeste do Recife, que comemorou dez anos de fundação. Depois, veio a Luar do Sertão, de Alagoas. No enredo, São Pedro critica a modernização das festas juninas e pede a volta da celebração tradicional. Já a baiana Capelinha do Forró trouxe o Dom Quixote de Miguel de Cervantes para encontrar o amor no São João do Nordeste.

A Lume da Fogueira, do Rio Grande do Norte, fez um tributo à cantora Elis Regina e cantou músicas do repertório dela em ritmo de forró. Já a quadrilha Matutos do Rei, do Maranhão, veio com uma apresentação de viés político, criticando a atual situação econômica do país. A Junina Tradição, por sua vez, levantou a bandeira da diversidade e da inclusão social, com um Lampião sem uma das pernas. Já a piauiense Luar do São João apostou na força do povo nordestino, capaz de driblar qualquer adversidade.

Com o tema ‘Caminhos’, a Pioneiros na Roça, de Aracaju, Sergipe, fez uma reverência ao povo cigano. A campeã, Junina Babaçu, chegou para impressionar o público. Com um desfile cheio de efeitos especiais, a quadrilha contou com a tradição do bumba-meu-boi para encantar a plateia. Já a paraibana Moleka 100 Vergonha fez uma apresentação sobre as histórias de assombrações nordestinas.

Confira a pontuação de cada participante:

1. Junina Babaçu (CE) - 516
2. Moleka 100 Vergonha (PB) - 507,3
3. Capelinha do Forró (BA) - 505,6
4. Junina Tradição (PE) - 504,1
5. Dona Matuta (PE) - 499,2
6. Lume da Fogueira (RN) - 495,6
7. Luar do Sertão (AL) - 464,3
8. Luar do São João (PI) - 464,2
9. Pioneiros na Roça (SE) - 459,6
10. Matutos do Rei (MA) - 456,8



do G1 Nordeste - Fonte: Goiana TV