Blitz do trânsito: Efetivos do Sestran de Goiana cruzam os braços pelo atraso de pagamentos

Vergonhosa, essa palavra usada pela agente de transito em entrevista na 106,3 FM, quando se referia a estrutura do prédio do sestran de Goiana, o local encontra-se em estado crítico, sem a menor possibilidade de ser ocupado para trabalho.

Instalações elétricas comprometidas, o telhado com goteiras, já chegaram a fazer buracos no forro de gesso que pode cair na cabeça dos funcionários a qualquer momento, banheiro sem porta, quebrado, nojento e com um péssimo odor.

Placas, cones e outros materiais de trabalhos jogados e quebrados na sala que deveria ser de descanso para os funcionários, o local também da acesso aos banheiros, matos na altura dos carros e motos que estão encostados no local, inclusive, tem um pé de cactos em cima de um ônibus estacionado no local.

Quando chove, os funcionários trabalham com os pés na lama, pois a entrada do prédio não é calçada e dentro dele as goteiras formam grandes poças de água, até o único veiculo que serve para o deslocamento esta quebrado, e segundo agentes a secretária de administração informou que a prefeitura não tem crédito na praça nem condições financeiras para o conserto do automóvel.

Diante do descaso com as condições de trabalho e do atraso salarial que a prefeitura municipal vem proporcionando  aos servidores públicos efetivos municipais, diversos guardas e agentes de transito de Goiana, negam-se a irem para as ruas, cumprido o seu horário de trabalho na sede do sestran.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Goiana (SINSEPUMG) manifestou apoio a categoria que prometeu só voltar as ruas depois que os seus salários estiverem na conta.

A secretária de comunicação de Goiana foi procurada pela reportagem da 106,3 FM e falou de forma clara que não poderia falar sobre a situação estrutural do prédio, mais que os pagamentos dos servidores seriam efetuados na próxima quinta feira (14/04/2016).

Confira as fotos do local: