Luto: Goiana perde seu Luiz da Gia


Nesta quinta-feira (25), as 17h faleceu o embaixador de Goiana, Luiz Moraes de Oliveira, popularmente conhecido como "Luiz da Gia", com 91 anos.

Seu Luiz, como era popularmente conhecido criou o tradicional restaurante O Buraco da Gia em 1967, e tornou-se conhecido graças a sua habilidade de adestrar seus caranguejos que serviam a sua clientela.

Seu restaurante tornou-se referencia no Brasil, tornando-se parada obrigatória para turistas que passava pela cidade de Goiana, na mata norte de Pernambuco.

No ultimo domingo, 21, seu Luiz foi encaminhado para o memorial hospital de Goiana, foi medicado e recebeu alta, ainda com os pés inchados, braços doloridos e olhos avermelhados.
O quadro agravou-se na quarta feira, quando novamente pela manha, seu Luiz foi levado ao novamente ao Hospital Memorial, chegando la, os médicos perceberam que ele estava desidratado e com os batimentos cardíacos enfraquecidos, logo foi acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e fez a sua transferência para o Hospital memorial em Casa Forte, no Recife, lá ele veio a falecer. 

O corpo já encontra-se na Câmara Municipal de Vereadores onde será velado nesta sexta feira (26), o sepultamento está marcado para às 16h, 

Seu Luiz esteve à frente do tradicional Buraco da Gia por mais de 50 anos. Pai, avô, carnavalesco e apaixonado por sua terra, em uma de suas mais célebres frases, Luiz salientava o desejo de permanecer em Goiana mesmo após sua despedida da terra.

"Essa Goiana é meu sonho, essa Goiana é o meu lugar. Na minha biografia que já escrevi, eu só saio do Buraco da Gia para o buraco do cemitério. Eu quero meu corpo em Goiana, não o quero lá fora não".

Viúvo desde 1980, quando faleceu sua esposa, Maria Pereira de Oliveira, aos 49 anos, Luiz da Gia preservava sua alegria no Buraco da Gia depois de ver crescerem seus filhos, Flávio Moraes, 58, e Marli Moraes, 57. Pai de um neto de Luiz Morais, Flávio está internado no Hospital dos Servidores do Estado (HSE), onde se submeteu a uma cirurgia de tratamento de úlcera e ainda não havia sido comunicado. Marli é a mãe de duas netas de Luiz da Gia e há três anos assumiu a gerência do restaurante. "Nós estávamos preocupados com a saúde do Flávio e acontece isso. Essa doença é uma doença dos infernos", disse Maria Olímpia.

O Buraco da Gia foi criado em 1967, e é conhecido pela atração dos guaiamuns gigantes adestrados, que atraem turistas e artistas renomados de diversas partes do país.































Com informações do Blog do Anderson Pereira