Greve dos profissionais da Educação de Caaporã chega ao quarto dia.


Durante esta semana os profissionais da educação da cidade de Caaporã-PB estão de braços cruzados, só que desta vez os protestos são um poco diferentes, os educadores estão tomando café da manhã no terraço de residencia da manifestante Cyntia, que gentilmente tem cedido seu espaço para tratar questões de interesse da categoria.

Os manifestantes exigem: 

1/3 DE FÉRIAS – JÁ SÃO 3 ANOS (2011, 2012 E 2013)

REAJUSTE SALARIAL – JÁ SÃO 3 ANOS (2013, 2015 E 2016)
13º SALÁRIO – JÁ SÃO 2 ANOS (2014 E 2015)


Em contra partida a a gestão fez a seguinte proposta:

O PAGAMENTO DO DÉCIMO/2015 EM 5 PARCELAS, COM A O PAGAMENTO DA PRIMEIRA SOMENTE EM MARÇO E NENHUMA INFORMAÇÃO SOBRE O REAJUSTE 2016.

A Categoria não manifestou interesse em acatar a contra proposta e segue em greve até conseguirem um acordo que seja satisfatório para ambas as partes.