PSB quer Renata Campos na chapa presidencial

A facção mais forte do PSB está convencida de que não encontrará um candidato a presidente da República forte e viável como o falecido governador de Pernambuco Eduardo Campos. 

Conforme o colunista Felipe Patury, a saída para o PSB seria manter-se na oposição e caminhar para um acordo com PSDB. Os tucanos ficariam com a cabeça de chapa e os socialistas com a vice. E a vaga é de Renata Campos, viúva de Eduardo. Basta ela querer.

Fonte: Felipe Patury / Revista Época