PM reformado tenta matar acompanhante ao descobrir que era um travesti; veja

Uma confusão dentro de uma pousada, na tarde desta quarta-feira (4), no bairro Quadramares, em João Pessoa (PB), terminou com um travesti e um policial militar reformado feridos.

De acordo com a Polícia Militar, o policial reformado contratou o serviço de uma suposta garota de programa em um local de prostituição da Capital, mas chegando dentro da pousada descobriu que tratava-se de um homossexual.

O policial reformado teria ficado revoltado por ter sido enganado e feriu o travesti com golpes de gargalo de garrafa. O travesti foi socorrido em estado grave para o Hospital de Emergência e Trauma da Capital. Já o policial foi levado para o Ortotrauma, em Mangabeira.

Ao chegar ao Trauma, o travesti informou que o programa havia sido contratado por R$ 150 reais e mais R$ 50 de bonificação, caso o cliente gostasse da relação sexual.

A polícia tomou conhecimento do caso após ser informada que tinha um casal brigando dentro do quarto da pousada. Chegando ao local, os PMs tiveram que arrombar a porta que estava trancada.

“Nós encontramos o acusado e a vítima. Tinha sangue no local”, disse o sargento Estevão.

O acusado, depois de atendido pela equipe médica, deve ser levado para a Delegacia de Homicídios, onde deve responder por tentativa de homicídio.


Fonte: Portal do Litoral