Caso Manoel Mattos vai a julgamento em abril

Cinco acusados respondem pelo homicídio do advogado, morto em janeiro de 2009
Manoel Mattos foi morto por cinco pessoas em 2009
O júri popular referente ao homicídio do advogado Manoel Mattos está marcado para o dia 14 de abril, a partir das 8h. A designação foi feita pela 36ª Vara Federal da Justiça Federam em Pernambuco (JFPE). Na próxima segunda (2 de março), às 14h, acontece a escolha dos jurados.

O julgamento do caso de Manoel Mattos já foi adiado duas vezes. Na primeira, jurados e suplentes convocados não compareceram ao tribunal e outros pediram dispensa alegando problemas de saúde. No segundo momento, o adiamento ocorreu porque o TRF5 acatou o pedido de desaforamento.

Entenda
O homicídio ocorreu no dia 24 de janeiro de 2009, em "Praia Azul", no município de Pitimbu, na Paraíba. Devido ao deslocamento de competência, que redundou na federalização do julgamento do homicídio, sob o fundamento de existência de grave violação a direitos humanos, a tramitação do processo foi transferida da Justiça Estadual da Paraíba para a 2ª Vara Federal da Seção Judiciária da Paraíba.

Posteriormente, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região determinou o desaforamento (transferência de jurisdição) do julgamento para a JFPE, por razões de ordem pública. Cinco acusados respondem pelo homicídio e serão submetidos a julgamento.

Fonte: Folha PE