Ação contra Petrobras nos Estados Unidos entra em nova fase, em Nova York

Nesta sexta-feira, 6 de fevereiro, termina o prazo – nos Estados Unidos – de adesão à Class Action, a ação coletiva contra perdas das ações da Petrobras.

Em nota, o advogado André de Almeida – coautor da ação com o escritório americano Wolf Poppe – atualiza o momento do processo judicial e esclareceu o que vai acontecer a partir de agora que o processo corre perante a Corte Sul do Distrito de Nova York, com o juiz da causa Judge Rakoff.

“A Petrobrás terá momento processual adequado para se defender das alegações associadas a má governança corporativa e suspeitas de fraudes. Cada escritório de advogados tem uma estratégia para apresentar seu pleito. Fomos contratados por centenas de acionistas individuais, fundos, assets e family offices que desejavam que os representássemos na demanda.”, disse André de Almeida. 

Fonte: Blog do Jamildo