Secretaria de Saúde do Recife promove mobilização contra dengue e chikungunya

Oito pontos diferentes do Recife receberão mobilizações contra a dengue e a febre chikungunya, nesta sexta-feira (16). Agentes de saúde ambiental e controle de endemias distribuirão materiais educativos, como tapa-sol para carros, ímãs de geladeira, viseiras e panfletos. O objetivo é alertar a população sobre a responsabilidade em combater o mosquito transmissor, já que 80% dos criadouros do Aedes aegypti estão em áreas privadas.
Durante a semana, as equipes foram capacitadas a respeito das estratégias de controle das doenças, o que inclui mutirões em áreas de risco, recolhimento de pneus, visitas residenciais e as unidades de saúde para onde deve ser feito o encaminhamento de pacientes com casos suspeitos. O alerta deve aumentar nesta época do ano, pois a ocorrência de chuvas intermitentes em meio ao calor provoca o acúmulo de água em recipientes vazios.
Os sintomas da chikungunya são semelhantes aos da dengue, mas tem diferenças nas dores pelo corpo, que são mais intensas e atingem as articulações. Segundo a Secretaria de Saúde do Recife, crianças menores de dois anos, idosos e gestantes fazem parte do grupo de risco. Os três casos já registrados na Capital foram importados, o que quer dizer que as pessoas foram infectadas em outros municípios.
Veja os locais que receberão as mobilizações:
Distrito Sanitário 1: Pátio do Mercado de São José
Distrito Sanitário 2: Largo da Encruzilhada
Distrito Sanitário 3: Mercado de Casa Amarela
Distrito Sanitária 4: Avenida Caxangá (em frente ao Parque de Exposições do Cordeiro)
Distrito Sanitária 5: Mercado de Afogados
Distrito Sanitário 6: Avenida Conselheiro Aguiar (trecho final, no Pina)
Distrito Sanitário 7: Avenida Norte (na entrada de Nova Descoberta)
Distrito Sanitário 8: Avenida Dois Rios (na entrada do Ibura, próximo à rua Rio Xingu)