PSB não comentará reportagem sobre acidente

Em uma curta nota, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) se pronunciou sobre a reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, na qual relata que o acidente que vitimou o ex-governador Eduardo Campos e outras seis pessoas foi provocado por falha humana.
A cúpula da sigla diz que acompanha com atenção as investigações da Aeronáutica e da Polícia Federal, “esperando que seja feita com todo rigor técnico”.
No entanto, acrescentou que a sigla não se pronunciará sobre as informações divulgadas, aguardando os laudos oficiais.

Leia a íntegra da nota:

“A direção nacional do Partido Socialista Brasileiro – PSB acompanha com toda a atenção as investigações promovidas pela Aeronáutica e pela Polícia Federal para apurar as causas do desastre aéreo de 13 de agosto do ano passado, que vitimou nosso ex-presidente Eduardo Campos, Pedro Valadares Filho, Carlos Augusto Ramos Leal, Alexandre Severo, Marcelo Lira,  Marcos Martins e Geraldo da Cunha, esperando que seja feito com todo o rigor técnico.
A direção nacional do PSB informa ainda que não fará qualquer pronunciamento sobre notícias que tenham sido ou venham a ser veiculadas trazendo supostas conclusões ou mesmo análises parciais dos fatos, aguardando a divulgação dos laudos oficiais pelas instituições encarregadas das apurações.
Brasília, 16 de janeiro de 2015
A direção”