Grupo de Dança Camaleão integra o 21º Janeiro de Grandes Espetáculos em Goiana


14ª coreografia, “Retina”, assinada por Jorge Garcia, marcou os 30 anos de trajetória do grupo em 2014

Os mineiros do Camaleão Grupo de Dança integram em Goiana a programação do 21º Janeiro de Grandes Espetáculos com o mais recente espetáculo: “Retina”. A única sessão é realizada no dia 30 de janeiro (Sexta-feira, às 20H), no Teatro do Centro Cultural Historiador Antônio Corrêa de Oliveira SESC Goiana (Rua Do Arame S/N, Goiana). Os ingressos custam R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia) e podem ser adquiridos pelo site www.compreingressos.com/janeirodegrandesespetaculos ou pela central de vendas (81) 8870-3247. A coreografia marcou os 30 anos de fundação do grupo e é o 14º trabalho e a 2ª parceria com o premiado Jorge Garcia (a primeira foi em 2007 com “Tá Passando”). A direção artística de Inês Amaral e a direção geral de Marjorie Quast.





Esta é a segunda participação no festival (a 1ª foi em 2012, com “Vai Com Deus”, de Tuca Pinheiro, e “Horas Possíveis – Enquanto o Lobo Não Vem...”, de Chico Pelúcio e Lydia Del Picchia). Ainda neste mês, depois de passar por Recife (dias 24 e 25) e Caruaru (28), o espetáculo integra, em fevereiro, em Belo Horizonte, a Campanha de Popularização do Teatro e da Dança.

Para 2015, estão entre os planos do grupo apresentações em New York, nos Estados Unidos (à convite do Dixon Place), uma turnê à convite do SESC Rio de Janeiro (capital e interior) e uma residência artística via Iberescena com os bailarinos Omar Carrum (México) e Wladimir Rodriguéz (Colômbia), como preparação para uma nova montagem.

O ESPETÁCULO

A partir de questões sobre a capacidade humana de reter informações visuais é que surgiram os movimentos levados ao palco por cinco bailarinos para discutir o excesso de informações. “Partimos desse aspecto subjetivo para perceber o quanto nos rendemos a esse excesso de informação: quem seguimos, quais comportamentos nos influenciam, enfim, tudo que nos afeta ao redor. Então, chegamos à retina – a parte do olho onde se formam as imagens – esse filtro em que o claro e escuro, sombra e luz se misturam”, comenta Marjorie Quast, diretora geral do grupo desde sua formação. O coreógrafo pernambucano Jorge Garcia completa: “O homem contemporâneo não cessa de consumir imagens, seu olhar acolhe mais que a sua capacidade de refletir sobre elas”. E finaliza: “Nessa obra, cada olhar refletido questiona o estatuto da realidade”.

A trilha sonora, assinada por Kiko Klaus, é composta por canções de Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison, Kurt Cobain e Amy Winehouse – ídolos marcados pelo excesso e a transgressão que morreram aos 27 anos. Com isso, criou-se um ambiente urbano em que os movimentos da dança de rua se misturam a dança contemporânea.

“Retina” conquistou as categorias de Melhor Espetáculo, Melhor Iluminação, Melhor Cenografia e Melhor Trilha Sonora no 1º Prêmio Copasa/SINPARC de Artes Cênicas MG – 2013, além do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2013 de Circulação. A estreia foi na cidade-sede do grupo, Belo Horizonte, em novembro de 2013, e seguiu para apresentações no interior de Minas Gerais, em quatro cidades do Nordeste (RN e PB) e Manaus (AM), em 2014. É ainda a primeira montagem inédita desde “Horas Possíveis – Enquanto O Lobo Não Vem...“ (2011), de Chico Pelúcio e Lydia Del Picchia (ambos do Grupo Galpão), espetáculo de rua que segue em repertório.

Os mais de 30 ANOS do CAMALEÃO GRUPO DE DANÇA

O CAMALEÃO GRUPO DE DANÇA é uma companhia estável, que tem em seu repertório 14 montagens assinadas por 11 destacados profissionais nacionais e internacionais, entre eles Carlota Portela, Mário Nascimento, Luís Arrieta, Tindaro Silvano e Tuca Pinheiro. Em parceria com o NÚCLEO ARTÍSTICO, criado em Belo Horizonte em 1978, participam, incentivam, criam e divulgam a dança cumprindo com o seu compromisso social de educadores e difusores culturais, se tornando o berço de renomados artistas nacionais. Por isso, é uma das companhias representativas do país por seu aspecto plural – da pedagogia e formação consistente na dança a realização de espetáculos de estilos variados. O CAMALEÃO transforma o pensamento e a dança ao longo dos anos investindo em novos caminhos, novas possibilidades de pesquisa e criação, aprimorando constantemente a qualidade de suas produções.

NÚCLEO ARTÍSTICO

Considerada uma das mais importantes escolas de dança de Minas Gerais, o NÚCLEO ARTÍSTICO tem à frente a diretora, dançarina, coreógrafa e professora Marjorie Quast. É uma das referências no ensino e difusão da dança no país, formando centenas de crianças, adolescentes e adultos na arte da dança e possui o Selo de Qualidade do ISO 9001:2008. Por isso, tem se destacado como uma das escolas mais atuantes na realização de projetos de inclusão social em Minas Gerais e no Brasil.

SERVIÇO

CAMALEÃO GRUPO DE DANÇA com o espetáculo “Retina” no 21º Janeiro de Grandes Espetáculos
Única Sessão - Dia 30 de janeiro de 2015, Sexta-feira, às 20H.
Teatro do Centro Cultural Historiador Antônio Corrêa de Oliveira Sesc Ler Goiana (Rua Do Arame S/N, Goiana).
Os ingressos custam R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia) e podem ser adquiridos pelo site www.compreingressos.com/janeirodegrandesespetaculos ou pela central de vendas (81) 8870-3247.

Imagens: ED Felix
Assessoria