Após bebedeira moça vai dormir e acorda com penis tatuado no ombro

Quem nunca passou pela experiência de acordar depois de uma baita bebedeira e não lembrar muito bem de todos os eventos da noitada anterior? Às vezes, a sensação é de amnésia total, e, em alguns casos, as lembranças começam a voltar em dolorosos flashes! Pois esse foi o caso da britânica Holly Aston, de 20 anos, que após uma infame noite regada a muitos “drinks”, acordou com uma bela tatuagem no ombro.
De acordo com Richard Hartley-Parkinson, do portal Metro do Reino Unido, Holly — que já contava com uma tatuagem no antebraço e a palavra “dyke” (ou pênis em tradução livre) no tornozelo — tinha apenas 17 anos quando encheu a cara e permitiu que seus amigos desenhassem um pênis em seu ombro, usando um kit de tatuador que ela havia comprado pela internet.

Holly só foi conferir a obra dos amigos no dia seguinte e conseguiu esconder a tattoo de seus pais durante dois anos. A moça inclusive se recusou a acompanhar a família em viagens de férias à praia por medo de revelar as obscenidades que ela tem gravadas na pele. Conforme contou, apesar de saber o que os amigos estavam fazendo, ela estava muito bêbada para se importar e ainda achou engraçado... até ver a tatuagem no espelho na manhã seguinte.
Segundo disse, foi extremamente fácil comprar o equipamento de tatuador pela internet, e seu manuseio é bem simples. Contudo, o kit — composto de agulhas, tinta e a máquina propriamente dita — não vem acompanhado de instruções com respeito à necessidade de esterilização.
Holly acredita que foi muita sorte que ninguém acabou com alguma infecção ou contaminado por alguma doença, já que, aparentemente, essa festinha com o equipamento não foi a única, e a moça e os amigos tatuavam uns aos outros entre um gole e outro.

Remediando uma má ideia

Desesperada para se livrar do pênis em seu ombro, mas sem dinheiro para bancar o procedimento de remoção da tatuagem, Holly procurou a ajuda de um programa de televisão que trata de casos de pessoas que fizeram coisas malucas com seus corpos — como passar por plásticas extremas ou ter alargadores rasgando as orelhas, por exemplo — e se arrependeram. Aliás, também com a ajuda da equipe do programa, Holly revelou o pipi a seus familiares.
De acordo com Holly, a apresentadora do programa — a modelo Katie Piper, que, há alguns anos, teve o rosto desfigurado depois de um terrível ataque por ácido — ajudou a britânica mostrar a tatuagem aos pais, e, após a quinta sessão de tratamento, o pênis quase desapareceu por completo.