Goiana, Itambé e Abreu e Lima encabeçam ranking de destruição da mata atlântica em PE

Levantamento nacional considerou período entre 2012 e 2013. Piauí tem pior situação
Goiana, na Mata Norte do Estado, foi o município que teve mais áreas de mata atlântica desmatadas entre 2012 e 2013. Nesse período, 44 hectares de vegetação foram destruídos. Em seguida, vêm Itambé, também na Mata Norte, com 28 hectares, e Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, com 18. Os dados compõem o Atlas dos Municípios da Mata Atlântica, divulgado nesta quarta-feira (17).

De acordo com o levantamento, apresentado pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Goiana tem 23% de vegetação natural e Itambé, 8%. Apesar de figurar no ranking dos que mais desmatam, Abreu e Lima tem 62% de mata natural, o que também dá ao município o título do que mais conserva a flora nativa em todo o Estado.
PRF prendeu três pessoas suspeitas de desmatar
 área de preservação ambiental em Goiana. Foto: DP
Em outras localidades do País, entretanto, a situação é mais alarmante. Manoel Emídio (PI), primeiro do ranking, teve 3.134 hectares desmatados entre 2012 e 2013. Outro município do mesmo estado – Alvorada do Gurguéia – vem logo em seguida, com 2.491 hectares destruídos. O Piauí, contudo, também possui as duas localidades que mais conservam a vegetação no Brasil – Tamboril do Piauí e Guaribas –, além de João Costa, em quarto lugar, e Caracol, em quinto.

A lista dos dez municípios que mais desmataram inclui outra localidade do Piauí, cinco de Minas Gerais e duas da Bahia. O levantamento também observou a destruição entre 2000 e 2013, no qual figuram, nos dez primeiros lugares, três municípios de Minas Gerais e da Bahia e dois do Paraná e de Santa Catarina. Já no ranking dos que mais conservaram o bioma, entre 2012 e 2013, aparecem Bom Jardim da Serra (SC), Santana de Pirapama (MG), Buenópolis (MG), Urupema (SC), Pacatuba (CE) e São Joaquim (SC).

A pesquisa incluiu 3.429 municípios que contêm áreas de mata atlântica em todo o País.
MUNICÍPIOS QUE MAIS CONSERVARAM (ENTRE 2012 E 2013)
Tamboril do Piauí (PI)
Guaribas (PI)
Bom Jardim da Serra (SC)
João Costa (PI)
Caracol (PI)
Santana de Pirapama (MG)
Buenópolis (MG)
Urupema (SC)
Pacatuba (CE)
São Joaquim (SC)
MUNICÍPIOS QUE MAIS DESMATARAM (ENTRE 2012 E 2013)
Manoel Emídio (PI)
Alvorada de Gurguéia (PI)
Águas Vermelhas (MG)
Ponto dos Volantes (MG)
Eliseu Martins (PI)
Itinga (MG)
Wanderley (BA)
Curral de Dentro (MG)
Brejolândia (BA)
Novo Cruzeiro (MG)
Fonte: Folha PE