Dilma divulga lista com sete novos ministros

Posse dos novos ministros ocorre na próxima quinta (1)
(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou, em nota divulgada nesta segunda-feira (29) sete novos ministros para seu segundo mandato. O PP vai assumir o ministério da Integração Nacional, que será ocupado por Gilberto Occhi, hoje titular das Cidades. O ex-senador e vereador paulistano Antonio Carlos Rodrigues, secretário-geral do PR, será o novo ministro dos Transportes.

O atual ministro do Desenvolvimento Agrário Miguel Rossetto (PT) será deslocado para a Secretaria-Geral da Presidência da República, que atualmente é ocupada por Gilberto Carvalho. O ex-prefeito de Belo Horizonte Patrus Ananias (PT) irá para o MDA.

Já Ricardo Berzoini (PT), que atualmente comanda a Secretaria das Relações Institucionais (SRI), será transferido para o Ministério das Comunicações. Para a vaga de Berzoini na SRI, Dilma confirmou o deputado Pepe Vargas (PT-RS), nome que enfrenta resistência da corrente majoritária petista, responsável pela articulação política com o Congresso.

O outro indicado por Dilma é Carlos Gabas, atual secretário-executivo da Previdência e que se tornará ministro da pasta. A posse dos novos ministros, segundo a nota divulgada pelo Palácio do Planalto, ocorrerá na quinta-feira (1º).

Um dos principais alvos das denúncias de corrupção na Petrobras, o PP pressionava para permanecer no Ministério das Cidades, que além de um orçamento bilionário é responsável por programas com grande capilaridade como o “Minha Casa, Minha Vida”. Dilma, no entanto, deu o Ministério das Cidades para o PSD do ex-prefeito Gilberto Kassab.

Fonte: Estadão