Sport encara o Figueirense e tenta quebrar sequência de derrotas

Já são oito jogos sem vencer na Série A e assim o Sport deixou de pensar em vaga na Libertadores do ano que vem para se preocupar com o risco de entrar na zona de rebaixamento. Mesmo sabendo das dificuldades e do alto nível da competição, o Leão tropeçou nas últimas rodadas em plena Ilha do Retiro, e para equipes que estão na parte debaixo da tabela.

Agora, contra o Figueirense, neste domingo, às 16h (horário de Pernambuco) na Ilha do Retiro, o Rubro-negro vai com a missão de quebrar a sequência de resultados negativos, voltar a vencer, e afastar de vez o perigo da zona de rebaixamento. O jogo é tratado com um duelo de seis pontos já que o Figueirense está a um ponto abaixo do Sport. O Leão é o 12° colocado com 37 pontos e o Figueira o 13° com 36.

Na última rodada o time pernambucano perdeu para o Atlético-MG por 3×2 na Arena Independência. Já o Figueirense empatou com o líder Cruzeiro no Orlando Scarpelli. No primeiro turno, melhor para o time catarinense que atropelou o Leão em casa por 3×0, com gols de Léo Lisboa, Clayton e Marco Antonio.

Técnicos com dúvidas para armar os times

No lado do Sport o técnico Eduardo Baptista ainda não sabe se vai poder contar com o meia-atacante Ananias e o volante Rodrigo Mancha. O primeiro sentiu uma lesão na coxa e será reavaliado para saber as condições de jogo. Já Mancha aguarda a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por conta do número de cartões amarelos.

Caso não possa contar com os atletas, Danilo e Ronaldo aparecem como favoritos para os lugares. As novidades ficam por conta de Leonardo e Régis, recuperados de lesão e que ficarão como opção no banco de reservas. Neto Baiano está vetado da partida por conta de uma lesão na coxa.

No Figueira o técnico Argel Fucks ainda não definiu a equipe porque tem dúvidas no meio de campo. Com o desfalque do volante Paulo Roberto e a volta de Rivaldo, ele estudou as possibilidades para armar o meio de campo. A mais provável é que comece a partida com França, Rivaldo, Marco Antônio e Giovanni Augusto. Outra alternativa é a entrada de Léo Lisboa, recuando Marco Antonio e Rivaldo.

Quem pode decidir?
Foto: Alexandre Gondim/Acervo JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/Acervo JC Imagem

Diego Souza. Contratado a peso de ouro o meia-atacante ainda não conseguiu render tudo o que pode com a camisa do Leão. Mesmo não jogando tudo o que sabe Diego ainda é a principal esperança da equipe na hora de decidir as partidas. O camisa 87 está ansioso para ver a Ilha do Retiro lotada e quer desequilibrar a favor do Leão.
Fique de olho
Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem

Patric. Sinônimo de raça o lateral-direito é quem mais corre em campo pelo Sport. Na base da força física e da raça Patric pode ajudar o Sport a quebrar o jejum de oito partidas sem vencer na Série A.
Palavra do Treinador
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

“Será um jogo de muita responsabilidade para nós. O Sport precisa voltar a vencer e voltar a ter confiança. Acredito que teremos mais de 30 mil pessoas e isso traz mais responsabilidade para nós” afirmou Eduardo Baptista.
Ficha de jogo
Sport: Magrão; Patric, Durval e Ewerton Páscoa e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha (Ronaldo), Danilo (Ananias) e Ibson; Felipe Azevedo e Diego Souza . Técnico: Eduardo Baptista
Figueirense: Tiago Volpi; Jefferson, Thiago Heleno, Marquinhos e Roberto Cereceda; França (Léo Lisboa), Rivaldo, Marco Antônio e Giovanni Augusto; Mazola e Marcão. Técnico: Argel Fucks.
Campeonato Brasileiro Série A (32°rodada). Local: Ilha do Retiro. Data: 02/11. Horário: 16h (horário de Pernambuco). Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT). Assistentes: Paulo Cesar Silva Faria (MT)  e Marcia Bezerra Lopes (RO).