TSE determina que Veja publique resposta de Dilma na web

O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou à Editora Abril que veicule imediatamente no site da revista Veja resposta da presidente Dilma Rousseff à reportagem publicada neste final de semana sobre a afirmação do doleiro Alberto Youssef de que ela e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabiam das irregularidades na Petrobras.

Num despacho assinado neste sábado (25) Gonzaga citou parecer no qual o Ministério Público Eleitoral sustenta que a publicação contém ofensa e, portanto, deve ser garantido o direito de resposta, uma vez que imputa a Dilma a ciência de um fato criminoso. O MPE observou que a reportagem foi veiculada numa sexta-feira, o que é inusual no caso da Veja.
A revista recorreu e, até as 19h55, a Veja ainda não havia publicado a resposta.