Primeira obra da PPP da Compesa será em São Lourenço da Mata

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) assinou, nesta terça-feira (30) a ordem de serviço (OS) para iniciar ampliação do sistema de esgotamento sanitário de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Essa será a primeira obra do programa Cidade Saneada, da parceria público-privada (PPP) da Compesa, que prevê a implantação ou ampliação dos serviços de esgoto nos 14 municípios da RMR mais a cidade de Goiana, na Mata Norte.

A obra em São Lourenço tem investimento de R$ 90 milhões e terá início na segunda quinzena de outubro. O objetivo é elevar o índice de saneamento do município de 10% para 80% em um ano. O investimento total do programa é de R$ 4,5 bilhões. A primeira etapa da obra vai contemplar 11 localidades, sendo Ersina Lapenda a primeira comunidade. Ao todo, 75 mil pessoas deverão ser beneficiadas com seis estações elevatórias e uma de tratamento, além de 200 quilômetros de rede coletora de esgoto.

O fato de ser cortado pelo Rio Capibaribe, um dos principais mananciais de água doce do estado, pesou para que o município fosse escolhido para receber logo as obras de esgotamento sanitário. 
 
Como a atual rede é insuficiente para atender a demanda da população, muitos dejetos acabam sendo lançados indevidamente no rio, poluindo suas águas. Com coleta e tratamento do esgoto, a expectativa é que o município possa dar um salto na qualidade de vida oferecida a seus habitantes. 
 
“Estamos muito felizes por dar essa ordem de serviço para uma obra tão importante e desejada pela população de São Lourenço. É a realização de um projeto que foi idealizado ainda pelo ex-governador Eduardo Campos e que começa a dar seus frutos agora”, comemorou o presidente da Compesa, Roberto Tavares.
 
Fonte: Folha PE