Daniel diz que PT pagou militância em ato de Dilma

Em discurso no ato pró-Aécio, nesta quarta-feira (22), no Marco Zero do Recife, o deputado federal eleito Daniel Coelho (PSDB) atacou a caminhada da presidente Dilma Rousseff (PT) e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) realizado na última terça (21), na capital pernambucana. Segundo o parlamentar, ao contrário dos tucanos, os petistas realizaram um ato com “uma militância paga”.


“Nossa militância é espontânea. Ontem (dia 22, no evento do PT em Recife) teve distribuição de dinheiro e militância paga”, criticou Daniel.
O evento pró-Aécio contou com a presença de vários políticos. O prefeito Geraldo Julio (PSB) era um dos mais empolgados no ato. O socialista puxava várias músicas contra o PT. “Tira Dilma de Lá” e “Fora PT” foram algumas frases usadas pelo gestor.
“Tenho certeza que Aécio vai ser um grande parceiro de Paulo Câmara”, disse Geraldo, em rápida entrevista à imprensa.
Ele também criticou os poucos recursos que o Governo Federal está repassando as administrações estaduais e municipais. “Acho que as prefeituras e os governos do Brasil inteiro estão esperando recurso do Governo Federal”, relatou.
Segundo a Polícia Militar de Pernambuco, o evento pró-Aécio contou com cerca de 10 mil pessoas. Vários ônibus trouxeram militantes de algumas partes do Recife.