Cruz Vermelha: ebola pode ser controlado em até seis meses

A Cruz Vermelha declarou nesta quarta-feira (22) que está confiante de que a epidemia de ebola que já matou milhares de pessoas no oeste da África pode ser contida entre quatro e seis meses.
O secretário-geral da entidade, Elhadj As Sy, disse em uma coletiva de imprensa em Pequim que é possível eliminar todos os surtos nesse período se houver "bom isolamento, bom tratamento dos casos confirmados" e "enterros seguros" para os que morreram da doença.
A epidemia de ebola já matou mais de 4,5 mil pessoas desde o seu surgimento, há 10 meses, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Os países mais afetados pela crise são a Libéria, a Guiné e Serra Leoa.
A declaração de Sy foi feita na conferência regional da Cruz Vermelha na Ásia-Pacífico, realizada a cada quatro anos, na capital chinesa. Em seu discurso, o secretário-geral agradeceu os esforços da China em doar itens de ajuda humanitária, equipamentos de laboratório e de proteção, em um momento em que "muitas pessoas estavam fugindo e outras estavam bastante hesitantes em enviar profissionais".