Violência: Curso integra assistência social e segurança pública no atendimento aos familiares de vítimas de CVLIs


O curso “Repercussões do Crime Violento Letal Intencional e a Política de Reparação às Vítimas Indiretas” será realizado nesta segunda-feira, 29 e terça, 30, em Goiana, na Mata Norte. A partir de Outubro, tem nova programação.

O atendimento às vítimas indiretas dos Crimes Violentos Letais Intencionais, CVLIs, é o tema principal do curso que está sendo realizado em municípios pernambucanos . Nesta segunda, 29, e terça, 30, chega a Goiana. A iniciativa é da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, através da Secretaria Executiva de Justiça e Direitos Humanos e Centro de apoio às Vítimas de Violência, CEAV.

O curso, que é voltado para gestores de Segurança Pública e Assistência social, e já beneficiou as cidades de São Lourenço da Mata e Arcoverde. O objetivo, segundo a coordenadora do CEAV, Tádzia Negromonte, é estabelecer o diálogo entre os profissionais e qualificar os atendimentos das vítimas indiretas dos Crimes Violentos Letais Intencionais, CVLIs, que são os familiares e as pessoas próximas. Além disso, ele busca incidir na formulação de políticas voltadas às vítimas, bem como no fortalecimento do trabalho em rede, promovendo assim a compreensão da violência e a defesa dos Direitos Humanos.

10 cidades serão contempladas com o curso: São Lourenço da Mata, Arcoverde, Goiana, Belo Jardim, Santa Cruz do Capibaribe, Olinda, Ouricuri, Salgueiro, Floresta e Serra Talhada.

Veja abaixo a programação dos próximos cursos com novas datas:

14 e 15/10- Belo jardim
16 e 17/10- Santa Cruz do Capibaribe
22 e 23/10- Olinda
28 e 29/10- Ouricuri
30 e 31/10- Salgueiro
04 e 05/11- Floresta
06 e 07/11- Serra Talhada

Serviço:
Curso “Repercussões do Crime Violento Letal Intencional e a Política de Reparação às Vítimas Indiretas”

Data: 29 e 30 de Setembro
Local: ETE Goiana - Escola Técnica Aderico Alves de Vasconcelos - Rodovia PE 32 - Loteamento Coração de Jesus, S/N.

Horário: 08h às 12h e 13h às 17h.

Fonte: Assessoria